0

London Finale: A bola da final da Liga dos Campeões 2010/2011

28 fevereiro, 2011


A UEFA, desvendou o design da bola da final da Liga dos Campeões 2010/1011, que esta época terá lugar no majestoso Estádio do Wembley.

Baptizada de "London Finale", está é a décima primeira bola da série fornecida pela Adidas. O vermelho e branco que compõem o desenho da Finale London reflectem a cruz de São Jorge, santo padroeiro de Inglaterra, com a bola a incluir igualmente uma estrela em tons de laranja e o logótipo da final, que mostra dois leões a segurarem o troféu Liga dos Campeões.


A bola segue com o padrão estabelecido na época passada de ter o nome personalizado do local onde o evento é realizado. Na ocasião, o nome escolhido para a bola foi "Finale Madrid", já que a final foi disputada no estádio Santiago Bernabéu. De acordo com a UEFA, a tecnologia da bola foi ajustada de forma a enquadrar-se na perfeição com o design estrelado do seu painel, tornando-a num ícone ainda mais significativo do evento. O seu painel estrelado e "design" hexagonal garantem a mais perfeita das trajectórias pelo ar, mantendo, ao mesmo tempo, a textura "pele de ganso", de modo a garantir o melhor controlo sob todas as circunstâncias.

Página Inicial

0

Natação nas bancadas do Estádio do São Paulo

25 fevereiro, 2011


Se pensam que já viram tudo num estádio de futebol, não é bem assim. Do Brasil enviaram-me fotografias do Estádio do Morumbi, onde antes do início do jogo entre o São Paulo e Palmeiras uma torrencial chuvada proporcionou momentos bem hilariantes nas bancadas alagadas pelo dilúvio. Aproveitanto o facto de o jogo ter sido adiado, alguns adeptos são paulinos aproveitaram as autênticas piscinas entre bancadas para dar umas valentes braçadas!


Vídeo com a natação nas bancadas do Estádio do Morumbi


Página Inicial

Ler Mais
2

Espanha: 2010 gerou receitas de 315 milhões de euros no Jogo Online e Apostas

18 fevereiro, 2011


Poucos são os segmentos indústriais que nestes últimos anos podem fechar as contas e apresentar lucros. Em Espanha, e seguindo a tendência mundial, o sector de apostas e jogo online continua o seu crescimento sustentado alcançando um lucro de 315 milhões de euros em 2010.

Os resultados financeiros estimativos apresentados pela Associação Espanhola de apostadores na Internet (AEDAPI), fixou um crescimento de facturação em 20% em relação a 2009 e cerca de 370 mil jogadores/usuários activos em Espanha, o que representa uma subida em 33% comparativamente com o ano de 2009 (280 mil jogadores activos).

Quanto às comunidades autónomas espanholas onde o número de jogadores registados é mais acentuado: Madrid e Catalunha dominam, seguido pela Andaluzia, Valência, Castilha e León.

No relatório é discriminado as variações dos segmentos de jogos, com as apostas desportivas online a gerar lucros de mais de 110 milhões de euros, obtendo um aumento de 21% em relação a 2009. O segmento de Poker, um dos mais populares, registou um crescimento de 26% em relação a 2009, com um lucro de 85 milhões de euros. Em relação aos jogos de casino e outros jogos de habilidade as receitas cifram-se nos 120 milhões de euros, com uma subida efectiva de quase 14% em relação ao ano homólogo.

Quanto ao desporto favorito dos espanhóis para fazer as suas apostas desportivas na internet, o futebol é o denomidador comum, com volumes de apostas na ordem dos 70 por cento. O ténis e o basquetebol também apresentam crescimento nos últimos anos, como também os desportos motorizados e as corridas cavalo mostram alguma popularidade entre os nossos hermanos.

Investimento em publicidade e patrocínios em Espanha

Ainda de acordo com a AEDAPI, estima-se que as empresas de apostas e jogo online invistam anualmente mais de 100 milhões de euros em patrocínios e publicidade desportiva. Neste sentido, praticamente todos os clubes da Liga Espanhola de futebol tem um patrocinador pertence à indústria de jogos online. Entre os casos mais ilustres, a Bwin com o Real Madrid, Valência com a Unibet, a Betfair com o FC Barcelona, ​​juntando-se outras grandes alianças como Interapuestas com o Espanyol de Barcelona e o Sevilha com a 12bet.

Numa análise da AEDAPI, a redistribuição dos valores em publicidade são que, 60 destes 100 milhões de euros anuais destinam-se à aquisição de espaços publicitários, principalmente através de anúncios na rádio, jornais, banners em sites, ou anúncios na televisão através do poker patrocinado. Sucintamente, estima-se que cerca de 30 milhões de euros sejam aplicados em publicidade online, 20 milhões em páginas de anunciantes de jornais e emissoras de rádio, e 10 milhões seriam referentes a despesas de patrocínio em programas de televisão nas principais redes do país.

Os restantes 40 milhões de euros são distribuídos pelos patrocínios de clubes desportivos da Primeira e Segunda divisão espanhola nas modalidades de basquetebol, andebol e outras.

Página Inicial

1

A crescente importância dos telemóveis na Indústria de jogo online

16 fevereiro, 2011


Longe vão os tempos em que os telemóveis apenas se limitavam a chamadas de voz e o tradicional SMS. Nos dias de hoje, a indústria de aparelhos móveis permite ao utilizador realizar todo o tipo de operações sem a necessidade de um desktop ou computador portátil. A evolução proporcionou oportunidades para muitos sectores de negócio, e a Indústria de jogo online não foi excepção.

Nos dias de hoje, uma operadora de jogos de fortuna e azar descurar a importância desta realidade, é o caminho para o fracasso. O boom dos jogos online em dispositivos móveis é agora. Dizer que actualmente os dispositivos móveis têm um papel cada vez maior é já óbvio.

A este propósito, Clive Hawkswood, director-executivo da Remote Gambling Association, disse que enquanto os dispositivos fixos, tais como os computadores continuam como tecnologia dominante para os jogadores e apostadores, o crescimento no sector das comunicações móveis é inevitável. "

"O jogo continua, como alguns dizem na vanguarda da tendência geral, no desejo aparentemente de acompanhar as tecnologias inovadoras para os consumidores.", explicou.

Clive Hawkswood afirmou que as pessoas querem produtos e serviços que estejam disponíveis 24 horas por dia nos sete dias da semana e, portanto, as restrições dos Estados sobre o jogo remoto não são uma opção viável a longo prazo ou mesmo a curto prazo. A única abordagem realista a ser tomadas pelos governos é criar um "bom modelo de licenciamento regulamentado."

Os comentários deste perito surgem após a britânica William Hill anunciar o lançamento de um novo aplicativo para Android que permitirá aos seus clientes aceder a mais de 40 mil jogos (entre todos os segmentos) e mercados especializados.

As aplicações para telemóveis des empresas de jogo online já estão no mercado através da plataforma Android 2.3. As operadoras que investiram neste momento têm já um interessante segmento de mercado. Sem dúvida, este novo dispositivo pode ser o "veículo" para que os operadores de casinos móveis e salas de poker inovem e garantam um público mais amplo.

A Sony Ericsson lançou o Xperia Play Smartphone, o primeiro smartphone com certificado PlayStation, durante o Mobile World Congress, realizado em Barcelona. O Xperia Play oferece um sistema operativo Android 2.3 (Gingerbread) com interface Timescape, tem um processador Snapdragon a 1 GHz com processador gráfico Adreno que permite jogar em 3D até 60fps, um ecrã táctil multi-toque de 4” com resolução FWVGA e uma câmara de 5,1 MP com AF e flash LED (sem gravação de vídeo HD). Outras características incluem WiFi, Bluetooth e 512 MG de RAM, e um GPS.

No entanto é quando se desliza o painel com os controlos de jogo que se percebe qual é o trunfo deste telemóvel e qual o fim a que se destina: jogar! Este painel tem um D pad digital, 2 touch pads analógicos, 2 botões próximos dos cantos e ainda os habituais ícones PlayStation (círculo, cruz, quadrado e triângulo).



A Spin3 um dos expositores habituais nas anteriores edições do Mobile World Congress, através do seu director, Matti Zinder, disse que "2010 foi um ano de avanços para o sistema operativo Android, mas que 2011 está perfilado para ser o ano de domínio no sector de aparelhos móveis. Os analistas da consultora Canalys já denominaram a Android como a plataforma móvel líder no mundo, superando pela primera vez a plataforma Symbian da Nokia".

As empresas de jogo e apostas online, tais como a Bwin, William Hill, Betfair, Bet365, BetClic, Paddy Power, VC entre outras já perceberam o potencial fantástico deste mercado de Gambling (jogo) nos telemóveis. A internet revolucionou o modo de se jogar no século passado e os novos aparelhos de telemóveis vão marcar este ínicio do Século 21.

Página Inicial

1

Noruega pondera bloquear acesso a operadores estrangeiros de apostas online

14 fevereiro, 2011


O mercado de jogo e apostas online na região escandinava tem sido objecto de revisão por parte de governos de países como Noruega, Suécia e Dinamarca, com o objectivo de propor reformas para a questão da indústria naquela região.

Acontece que tanto a Suécia, como a Noruega são países que têm um modelo monopolista na gestão comercial de jogo, administrados exclusivamente pelos seus governos encontrando agora dificuldades para atender às exigências da União Europeia. Actualmente, UE e a Comissão Europeia estão a fazer um esforço conjunto para unir os países membros, para operar fora do sistema de monopólios locais, para garantir consonância com as diretrizes relacionadas com o livre comércio de serviços.

A Noruega, por exemplo, desde julho de 2010, instituiu um sistema de bloqueio financeiro semelhante ao dos Estados Unidos para evitar operações de apostas online através de empresas estrangeiras. No entanto, um estudo realizado pelo governo daquele país, indica que 4% dos apostadores noruegueses, aindam jogam em sites estrangeiros.

O ministro da Cultura da Noruega, Anniken Huitfeldt, anunciou que, doravante, vai impor medidas muito mais rigorosas para impedir a utilização destes operadores. Entre as medidas está o uso de provedores de serviços de internet para bloquear ou filtrar os operadores com bases operacionais fora do país.

Anniken Huitfeldt, reforçou a ideia, dando o exemplo de outros países europeus, como Itália, Estónia e França, onde tais medidas revelaram-se bem sucedidas.

A controversa questão de limitar a liberdade das pessoas é, obviamente, o argumento normal para atacar a medida de força imposta pelo governo da Noruega. O uso de políticas repressivas a conteúdos e serviços na internet é considerado a nivel internacional como um voto de censura, sendo amplamente desaprovado em todo o mundo. A questão, por agora, permanece indefinida, mas vai certamente gerar debate antes de ser resolvida.

Página Inicial

1

Real Madrid continua a ser o clube mais rico do Mundo. Benfica na 26 posição

11 fevereiro, 2011


Mesmo sem títulos desportivos nos últimos dois anos, o Real Madrid continua a ser pelo sexto ano consecutivo o clube mais rico do Mundo, segundo o estudo da Deloitte Football Money League 2011, que avalia as receitas dos clubes de futebol desde 1997.

O Real Madrid com um volume de receitas na ordem dos 438,6 milhões de euros cimentou a primeira posição na Liga dos milionários, sendo o único clube de futebol no mundo a passar a barreira dos 400 milhões, e repetiu-o esta temporada. Desde 2006 que tem sido sempre a somar.

Embora a época 2009/10 tenha sido novamente gloriosa para o Barcelona, o Real Madrid superou o clube de Messi em 40 milhões. Os Blaugrana, que ficaram em segundo na Lista de 30 clubes, facturou 398,1 milhões de euros.

O ranking da Deloitte não registou muitas variações em relação aos maiores clubes europeus , tendo as receitas totais geradas pelos 20 clubes batido um novo recorde, ultrapassando os 4.000 milhões de Euros. Uma uma receita média na ordem dos 200 milhões de Euros.

No caso especifico do Real Madrid, a àrea de comércio registou mais 11,6 milhões (8%) no total de receitas de 150,8 milhões. No mundo do futebol apenas Real e Bayern de Munique passam a cifra dos 150 milhões em patrocínios e merchandising. O patrocínio da frente da camisola do Real Madrid, que pertence à Bwin até 2013, gera receitas na ordem dos 15 a 20 milhões de euros. A Adidas tem contrato com os merengues até 2011/2012. Outras parcerias, inclusive com a Audi, Coca-Cola e a marca de cerveja espanhola Mahou também contribuíram para o lucro comercial em 2009/10, e juntar também em 2010/2011 a assinatura de um acordo (3 anos) com a empresa Saudi Arabian telecoms company STC.

As receitas de bilheteira do Real Madrid registaram um forte crescimento de 27% (27,7 milhões de euros) para um total de 129,1 milhões de euros. Para estes resultados muito contribuiu as reformas no Estádio Santiago Bernabéu para a final da Liga dos Campeões, que recebeu modernos camarotes empresariais.

Quanto a clubes portugueses, é de louvar a reentrada no Benfica no Top 30, ocupando a posição número 26. A nível das receitas de bilheteira encontra-se no 11ª lugar. Aliás, o Benfica só não aparece com uma classificação melhor, porque a nível das receitas pelos direitos televisivos pouca expressão apresenta.

As receitas dos clubes são divididas em 3 categorias:

- Receitas de Bilheteira (todas as receitas de bilheteira, incluindo os lugares anuais)
- Direitos TV (inclui a venda de direitos TV nacionais e internacionais)
- Comercio (inclui todos os patrocínios e merchandising)

Deloitte Football Money League 2011

1º Real Madrid Esp - 438,6 milhões de Euros
2º FC Barcelona Esp - 398,1M€
3º Manchester United Ing - 349,8M€
4º Bayern Munique Ale - 323,0M€
5º Arsenal Ing - 274,1M€
6º Chelsea Ing - 255,9M€
7º AC Milan Ita - 235,8M€
8º Liverpool Ing - 225,3M€
9º Inter de Milão Ita - 224,8M€
10º Juventus Ita 16,9M€ - 205,0M€
11º Manchester City Ing - 152,8M€
12º Tottenham Hotspur Ing - 146,3M€
13º Hamburgo SV Ale - 146,2M€
14º Olympique Lyon Fra - 146,1M€
15º Olympique Marselha Fra - 141,1M€
16º Schalke 04 Ale - 139,8M€
17º Atlético de Madrid Esp - 124,5M€
18º AS Roma Ita - 122,7M€
19º VfB Estugarda Ale - 114,8M€
20º Aston Villa Ing - 109,4M€
21º ACF Fiorentina (Ita) – 106,4 milhões de Euros
22º Borussia Dortmund (Ale) – 105,2 milhões de Euros
23º Bordéus (Fra) – 102,8 milhões de Euros
24º Sevilha FC (Esp) – 99,6 milhões de Euros
25º Valencia (Esp) – 99,3 milhões de Euros
26º SL Benfica (Por) – 98,2 milhões de Euros (Bilheteira 40,2M€/41%), (Direitos TV 16,8M€/17%), (Comércio 41,2M€/42%)
27º Everton (Ing) – 96,6 milhões de Euros
28º Werder Bremen (Ale) – 96,5 milhões de Euros
29º Nápoles (Ita) – 95,1 milhões de Euros
30º Fulham FC (Ing) – 94,2 milhões de Euros

Poderão consultar todo o Estudo da Deloitte Football Money League 2011, neste site. O mesmo está em lingua inglesa, e apresenta informação detalhada por clube, com texto e grafismo.

Página Inicial

19

100 melhores clubes do Mundo. Barcelona no topo

10 fevereiro, 2011


Depois de ter conquistado o ranking da Europa, o Barcelona confirma agora o galardão de melhor equipa do Mundo na primeira década do Secúlo XXI. Atrás dos espanhóis ficou o Manchester United, que curiosamente liderou este ranking mundial entre 2001 e 2009. O Barcelona superou o Manchester United por apenas 17 pontos. Com menos 66 pontos ficou o Liverpool. O Arsenal ficou em quarto lugar, à frente dos dois clubes de Milão, o Bayern de Munique e Real Madrid, os dois últimos separados por pequena margem de oito pontos. O primeiro clube não europeu foi o Boca Juniors da Argentina que ficou no 10 º lugar.

O resultado do Ranking Mundial de Clubes da primeira Década do século 21 é semelhante ao ranking de clubes europeus para o período 2001-2010. Era só uma questão de qual seria lugares ocupados pelos clubes de topo Sul-Americanos. O primeiro clube da América do Sul da primeira Década foi o Boca Juniors, seguido pelo São Paulo em 13 º lugar.

Entre as "Top 100" estão 68 clubes da Europa, 26 da América do Sul, quatro da região da Concacaf e dois de África (na posição 73 - Al-Ahly e em 98º Espérance Sportive de Tunis). O melhor colocado quanto aos clubes asiáticos são o Al-Hilal de Riade (175º), Pakhtakor Tashkent (182º) e Al-Ittihad (190), enquanto na Oceania o Auckland City ocupa o lugar 790.

A equipa ucraniana Shakhtar Donetsk que nem sequer constavam nos "rankings" do século XX, surgem agora no 24.º lugar, enquanto o Sevilha teve uma progressão do 192º lugar para o 21º na primeira década do actual século. O Barcelona será homenageado como Clube do Mundo da primeira Década por ocasião da Gala do Mundo de Futebol, em 2011, com um certificado e um troféu em ouro, e Shakhtar e o Sevilha, como equipas que mais progrediram na primeira década, com um troféu em prata.

Entre os portugueses e com o FC Porto a ser a única equipa no "top-20", Sporting e Benfica surgem muito mais abaixo, com os "leões" - finalistas vencidos da Taça UEFA em 2004/05 -, a ocuparem o 31º lugar, e as "águias" em 54º.

Lista dos 100 melhores clubes do Mundo entre 2001 e 2010

1. FC Barcelona 2.550,0 pontos
2. Manchester United 2.523,0
3. Liverpool 2.414,0
4. Arsenal 2.410,0
5. Inter de Milão 2.358,0
6. Bayern Munique 2.315,0
7. AC Milan AC 2.296,0
8. Real Madrid 2.257,0
9. Chelsea 2.235,0
10. Boca Juniors 2.095,0
11. AS Roma 2.028,0
12. Lyon 1.958,0
13. São Paulo 1.939,0
14. Valencia 1.919,0
15. Juventus 1.894,0
16. FC Porto 1.873,0
17. Celtic 1.764,0
18. PSV Eindhoven 1.757,5
19. Werder Bremen 1.701,0
20. River Plate 1.692,0
21. Sevilha 1.667,0
22. Glasgow Rangers 1.638,0
23. Ajax 1.636,5
24. Shakhtar Donetsk 1.627,5
25. Cruzeiro 1.622,0
26. Schalke 04 1.575,0
27. Santos 1.567,0
28. Villarreal 1.562,0
29. Panathinaikos 1.535,0
30. Anderlecht 1.519,5
31. Sporting 1.509,0
      Dinamo Kiev 1.509,0
33. Club Brugge 1.502,0
34. Marselha 1.500,0
35. Paris Saint-Germain 1.499,0
36. Deportivo da Corunha 1.495,0
37. Internacional Porto Alegre 1.469,0
38. Galatasaray 1.467,5
39. Nacional de Montevideo 1.459,5
40. Sparta Praga 1.451,0
41. Olympiakos 1.448,5
42. San Lorenzo 1.442,0
43. Basileia 1.437,0
44. Estugarda 1.434,0
      Lazio 1.434,0
46. Bordéus 1.423,5
47. Bayer Leverkusen 1.407,0
48. Fenerbahçe 1.399,0
49. Lille 1.384,0
50. Besiktas 1.383,5
51. CSKA Moscovo 1.375,0
52. Estudiantes de La Plata 1.370,0
53. Vélez Sarsfield 1.367,0
54. Benfica 1.356,5
55. Grêmio 1.351,0
56. Auxerre 1.338,0
57. Flamengo 1.334,0
58. Libertad Asunción 1.330,0
59. Corinthians 1.328,0
60. Hamburgo 1.326,0
61. Newcastle 1.316,0
62. Cerro Porteño 1.296,0
63. Fluminense 1.291,0
64. AEK Atenas 1.287,0
65. Colo Colo 1.285,0
66. América de México 1.270,0
67. Zenit St. Petersburg 1.240,5
68. Copenhaga 1.237,0
69. Atlético de Madrid 1.214,0
70. Partizan 1.212,5
71. Universidad Chile 1.208,0
72. Tottenham 1.206,0
73. Al-Ahly 1.201,5
74. Borussia Dortmund 1.198,0
75. Monaco 1.192,0
76. Steaua Bucareste 1.177,0
77. Liga Deportiva Universitaria de Quito 1.170,5
78. Parma 1.155,0
79. Dinamo Zagreb 1.153,5
80. Palmeiras 1.152,0
81. AZ Alkmaar 1.151,0
82. Feyenoord 1.142,0
83. Levski Sofia 1.131,0
84. CD Guadalajara 1.124,5
85. Cienciano de Perú 1.122,5
86. Slavia Praga 1.121,5
87. Atlético Medellín 1.107,5
88. Hertha Berlin 1.096,0
89. Hapoel Tel-Aviv 1.095,0
90. Universidad de Chile 1.085,0
      Udinese 1.085,0
92. Cruz Azul 1.084,0
93. Alianza Perú 1.068,0
94. Estrela Vermelha 1.065,5
95. Sporting Cristal 1.063,0
96. Pachuca 1.058,5
97. América Cali 1.056,0
98. Espérance de Tunis 1.050,5
99. Dinamo Bucareste 1.043,0
100. Fiorentina 1.041,0

(...)

127. SC Braga, 957,5 pontos
246. Marítimo, 663,5
251. Boavista, 656,0
357. UD Leiria,542,0
382. Vitória Guimarães, 517,0
435. Belenenses, 482,5
442. Nacional, 477,0
459. Vitória Setúbal, 468,5
479. Paços Ferreira, 456,5
630. Académica, 368,0
902. Beira-Mar, 269,5
912. Rio Ave, 267,5
937. Gil Vicente, 261,5

Pode consultar todo o ranking de clubes (1000 equipas), neste site.

Página Inicial

1

Manchester United de bicicleta para o título e Arsenal a pendura

09 fevereiro, 2011


O momento ímpar de Rooney no pontapé de bicicleta certeiro frente ao Manchester City pode ter sido o tónico para mais um título para os reds devils. Mais do que a vitória sobre o rival, o resultado serviu para manter os quatro pontos na liderança do ManUnited no primeiro lugar da classificação antes do ciclo infernal que os espera: embora tenha ainda até lá a Liga dos Campeões pelo meio (Marselha), nas próximas jornadas da Premier League o Manchester United joga três vezes fora de Old Trafford: Wigan (lugares de despromoção), Chelsea e Liverpool.

Enquanto isso, o Arsenal, único perseguidor que neste momento parece poder ameaçar a equipa de Nani, joga três jogos em casa, contra Stoke City, Birmingham e Sunderland. Além desta vantagem teórica, os gunners podem ainda acomular o factor de uma possível eliminação da Liga dos Campeões frente ao Barcelona. Este cenário, poderá permitir foco total no campeonato, enquanto o Manchester United tem excelentes hipóteses de prosseguir na Europa, ficando o Arsenal centrado exclusivamente na Premier League.

Tal como o Arsenal, Tottenham, Chelsea e Manchester City não têm jogos muito complicados nas próximas jornadas – embora os Spurs joguem melhor fora do que em casa, e o Chelsea, além do Manchester United, tenha pela frente um confronto directo com o City. Ou seja: a luta pelo título, pode atingir oo seu auge na primeira semana de Março - e até com nova liderança.

É claro que, para isso acontecer, são necessárias algumas variáveis. Começando pela consistência dos rivais do Manchester United. O Chelsea, que começou a temporada de forma arrasadora, tinha conseguido a sua primeira sequência de três vitórias desde 19/Setembro antes de ser derrotado em casa pelo Liverpool. A equipa recebeu dois excelentes reforços, David Luiz e Fernando Torres, mas, enquanto o ex-Benfica pode ser a solução importante dos problemas na defesa, o espanhol vai ter que lutar por um um lugar na frente de ataque.

O Liverpool, embora fora destas contas pelo primeiro lugar, poderá ser chave no desfecho final. Os reds não perdem há seis jogos, nos quais conquistou quatro vitórias, muito devido ao contributo de Raúl Meireles. Embora tenham perdido Torres, os reds conquistaram algo muito mais importante: confiança. Vencer o United, neste contexto, não vale só pela rivalidade, pode valer também preciosos pontos na luta pelas competições europeias.

O mais importante rival de momento é o Arsenal. De nada adiantará o Manchester United perder seis pontos contra Chelsea e Liverpool se os Gunners não conquistarem os próximos nove. Sem perder desde 13/Dezembro, é difícil imaginar a equipa de Arsène Wenger perder pontos em casa contra os seus próximos adversários. O problema é que estamos a falar de uma equipa sobre o qual não se deve fazer previsões. Uma equipa que ainda tem presente os traumas de outros anos com derrotas inesperadas. Com mais quatro pontos do que o Manchester City, que tem um jogo a mais, e com seis de vantagem sobre o Tottenham – e provavelmente sobre o Chelsea –, cabe à equipa Wenger vencer as próximas três.

Há muito tempo que o Arsenal não lutava claramente pelo título. Terá, agora, de mostrar que finalmente atingiu um nível de maturidade que permita chegar ao final de época sem deslizes. Sem esquecer que, por enquanto, depende dos deslizes do Manchester United.

Vídeo

Pontapé de bicicleta de Rooney


Página Inicial

Ler Mais
1

100 melhores clubes da Europa na década (2000/2010)

04 fevereiro, 2011


A estatística da IFFHS atribuiu ao Barcelona o honroso título de melhor equipa da Europa durante a última década (2000/2010). Atrás dos catalães segue um pelotão de equipas inglesas comandado pelo Manchester United, Liverpool e Arsenal. O Real Madrid, clube do século XX, aparece na oitava posição.

Quanto a clubes portugueses, o FC Porto, garante a poule no 14ª lugar, o Sporting em 26ª lugar e o Benfica em 44ª lugar. Ainda no Top 100, o Sporting de Braga aparece na posição 83.

A classificação histórica do ranking mundial de clubes é uma lista dos melhores 355 clubes de futebol elaborado pela IFFHS. É preciso mencionar que este ranking tem em conta todos os resultados das ligas e taças nacionais e competições de clubes das seis confederações continentais e da FIFA, desde 1 de Janeiro de 1991, data em que a IFFHS decidiu tomar estas considerações

Lista dos 100 melhores clubes da Europa de 2000 a 2010

1. FC Barcelona 2.550,0 pontos
2. Manchester United 2.523,0
3. Liverpool 2.414,0
4. Arsenal 2.410,0
5. Inter de Milão 2.358,0
6. Bayern Munique 2.315,0
7. AC Milan 2.296,0
8. Real Madrid 2.257,0
9. Chelsea 2.235,0
10. AS Roma 2.028,0
11. Olympique Lyon 1.958,0
12. Valencia 1.919,0
13. Juventus 1.894,0
14. FC Porto 1.873,0
15. Celtic 1.764,0
16. PSV Eindhoven 1.757,5
17. Werder Bremen 1.701,0
18. Sevilha 1.667,0
19. Glasgow Rangers 1.638,0
20. Ajax 1.636,5
21. Shakhtar Donetsk 1.627,5
22. Schalke 04 1.575,0
23. Villarreal 1.562,0
24. Panathinaikos 1.535,0
25. Anderlecht 1.519,5
26. Sporting 1.509,0
      Dinamo Kiev 1.509,0
28. Club Brugge 1.502,0
29. Olympique de Marselha 1.500,0
30. Paris Saint-Germain 1.499,0
31. Deportivo da Corunha 1.495,0
32. Galatasaray 1.467,5
33. Sparta Praga 1.451,0
34. Olympiakos 1.448,5
35. Basileia 1.437,0
36. Estugarda 1.434,0
      Lazio 1.434,0
38. Bordéus 1.423,5
39. Bayer Leverkusen 1.407,0
40. Fenerbahçe 1.399,0
41. Lille 1.384,0
42. Besiktas 1.383,5
43. CSKA Moscovo 1.375,0
44. Benfica 1.356,5
45. Auxerre 1.338,0
46. Hamburgo 1.326,0
47. Newcastle 1.316,0
48. AEK Atenas 1.287,0
49. Zenit St. Petersburgo 1.240,5
50. Copenhaga 1.237,0
51. Atlético de Madrid 1.214,0
52. Partizan 1.212,5
53. Tottenham 1.206,0
54. Borussia Dortmund 1.198,0
55. Monaco 1.192,0
56. Steaua Bucareste 1.177,0
57. Parma 1.155,0
58. Dinamo Zagreb 1.153,5
59. AZ Alkmaar 1.151,0
60. Feyenoord 1.142,0
61. Levski Sofia 1.131,0
62. Slavia Praga 1.121,5
63. Hertha Berlin 1.096,0
64. Hapoel Tel-Aviv 1.095,0
65. Udinese 1.085,0
66. Estrela Vermelha 1.065,5
67. Dinamo Bucareste 1.043,0
68. Fiorentina 1.041,0
69. Lens 1.035,0
70. Espanyol 1.030,0
71. Everton 1.026,0
72. Standard de Liège 1.023,0
73. Brondby 1.006,5
74. CSKA Sofia 1.004,0
75. Lokomotiv Moscovo 994,0
76. Maiorca 991,0
77. Twente 989,0
78. Athletic Bilbao 988,0
79. Austria Viena 969,5
80. Rapid Bucareste 968,0
81. Rennes 962,0
82. Osasuna 958,0
83. SC Braga 957,5
84. Manchester City 956,0
      Maccabi Haifa 956,0
86. Spartak Moscovo 955,5
87. Rosenborg 954,0
88. Fulham 949,0
89. Litex Lovech 945,5
90. Aston Villa 929,0
91. PAOK Salónica 927,0
92. Sochaux 923,0
93. Blackburn Rovers 919,0
94. Heerenveen 913,0
95. Wisla Cracóvia 906,5
96. Trabzonspor 905,5
97. Saragoça 898,0
98. Slovan Liberec 895,5
99. Middlesbrough 879,0
100. Sampdoria 871,0

(...)
144. Marítimo 663,5 pontos
147. Boavista 656,0
198. União de Leiria 542,0
209. Vitória Guimarães 517,0
234. Belenenses 482,5
239. Nacional 477,0
251. Vitória Setúbal 468,5
262. Paços de Ferreira 456,5
341. Académica 368,0
454. Beira-Mar 269,5
459. Rio Ave 267,5
469. Gil Vicente 261,5
493. Naval 245,0
512. Estrela da Amadora 232
609. Leixões 168,0
624. Moreirense 158,0

Pode consultar todo o ranking de clubes (643), neste site.

Página Inicial

 

Aposta X - Futebol e Apostas Online