Liga Italiana: Juventus campeão e adeus de Del Piero

31 maio, 2012


Longe dos seus tempos áureos a Liga Italiana de futebol embora sempre competitiva perde cada vez mais seguidores pelo mundo fora. Os dourados anos 80 e 90 já passaram há muito e os italianos continuam irredutíveis em alterar o estilo de jogo e proporcionar as mesmas receitas de qualidade de Espanha, Inglaterra ou mesmo Alemanha. A juntar a este panorama, já não vemos estádios cheios como antigamente, muito talvez por culpa dos inúmeros casos de manipulação de resultados que degridem a verdade da competição.

A época 2011/2012 estava até bem inclinada para uma vitória do AC Milan, assente quase em exclusivo no rendimento de Ibrahimovic (28 golos) e quando o sueco passava em branco a equipa não conseguiu encontrar outras alternativas. A juntar à total dependência dos golos de Ibra, as guerras no balneário entre o treinador Massimiliano Allegri que terminou com o afastamento de alguns jogadores da velha guarda.

Por outro lado, a rival Juventus partia para a nova temporada com o desejo de esquecer o fiasco de 2010/2011 onde nem sequer se qualificaram para as competições europeias. Com um estádio novo, e um ambiente festivo como não se assistia há anos, a Juve conseguiu renascer das cinzas e aproveitou Pirlo um ex-rossoneri para liderar a equipa ao sucesso. O cerebral camisola 21 manobrou todas as jogadas ofensivas da Vecchia Signora, com mais de 80 passes e 10 lançamentos certos por jornada. Esta nova Juventus começou a apostar na posse de bola e o treinador Antonio Conte, conseguiu formar, com Vidal e Marchisio, o melhor trio do meio-campo do futebol italiano, seja no 4-3-3 ou no 3-1-4-2. Além de municiar o ataque (que contou com um Vucinic em estado de graça na parte final da Serie A), o meio-campo também fortaleceu a defesa. Para uma Juventus que passou perto da perfeição, o 28ª título (o último em 2002/2003) não poderia ter sido tão justo. A Juve não sofreu qualquer derrota nas 38 jornadas.

Além da Juventus e do Milan, a Udinese também vai jogar na Liga dos Campeões 2012/2013, depois do sensacional 3ª lugar. Nápoles, Lazio e Inter de Milão vão disputar a Liga Europa e Lecce, Novara e Cesena desceram à Serie B. Por outro lado, Pescara, Torino e Sampdória são as equipas que conquistaram o direito de participar na 1ª divisão (Serie A).


Mas a grande notícia, foi o adeus definitivo de Del Piero à Juventus depois de 19 anos com a camisola bianconeri. A carreira de Del Piero, em Turim ficou marcada por uma longa lista de destacados momentos. Foram 705 jogos disputados com a camisola da Juve. Del Piero sai como melhor marcador de sempre do clube, com 289 golos. 208 golos na Serie A e 44 golos na Liga dos Campeões.

Foi o melhor marcador da Serie B com 20 golos em 2007, e logo no ano seguinte na Serie A fez 21 golos. Quando a Juve desceu de divisão pelo caso "CalcioCaos" não abandonou o clube ao contrário de outros craques da equipa. Esse gesto e fidelidade nunca foi esquecido pelos adeptos. Del Piero ganhou quase tudo com a Juve, incluindo a Serie A em 6 ocasiões (já excluidos os dois títulos na secretaria). Também conseguiu vencer a Liga dos Campeões uma vez, mas perdeu três outras finais. A juntar ao palmarés, 1 Taça de Itália e outras 3 derrotas na mesma competição. Fez 91 jogos pela selecção italiana e marcou 27 golos.

Redes Sociais

Acompanhe o Aposta X no Twitter
Conheça a página do Aposta X no Facebook

Página Inicial

0 comentários:

Enviar um comentário

Home - Aposta X

 

Aposta X - Futebol e Apostas Online