Liga Portuguesa 2009/2010: Benfica campeão! Análise da época

02 junho, 2010


Um viva a todos, queria fazer um rescaldo final da Liga Portuguesa 2009/2010, antes avançar definitivamente para o grande evento que se aproxima - o campeonato do mundo de futebol, que vai ter total destaque no Aposta X.


Em Portugal, a Liga teve como novidade em relação aos últimos 4 anos o trajecto fantástico do Benfica que voltou a saborear um título depois de quatro épocas de seca. A outra grande sensação foi indiscutivelmente o Sp. de Braga que mostrou uma raça jamais vista no seu historial deixando atrás de si o tetra FC Porto e o eterno vice Sporting que este ano baixou ao quarto lugar.


O Benfica viveu a sua melhor fase desportiva em 15 anos. Apesar de ter sido campeão nacional em 2004/2005 com a "velha raposa" Giovanni Trapattoni, foi o futebol do treinador Jorge Jesus que voltou a encantar os adeptos encarnados. Tudo o que não se via na última década e meia regressou em força, como um milagre (Jesus). Se o conceito de espectáculo é marcar golos, fazer pressing a todo o campo e criar sucessivas chances, Jesus conseguiu-o plenamente. A chave do sucesso passou também pela qualidade dos seus jogadores, nomeadamente os brasileiros e argentinos que deram um toque muito sul-americano a esta equipa.


Tudo começou pela defesa onde o experiente Luisão fez uma dupla de sucesso com a jovem promessa do futebol canarinho e mundial David Luiz. Este predestinado chegou a Lisboa em 2007 e logo nos primeiros treinos foi comparado a Ricardo Carvalho (Chelsea). Lançado num jogo complicado no Parc dos Princes para a Taça UEFA, David Luiz não se intimidou, e então com 18 anos, mostrou qualidades e maturidade fora do normal para um jovem jogador da sua idade. Hoje no Benfica é titular de caras, destacando-se pela sua velocidade, desarme, técnica e subida à àrea adversária onde fez alguns golos. O carisma é outro ponte forte.


No meio-campo, prolifera um naipe de jogadores que se destaca pela sua juventude e enorme qualidade. O pilar é o espanhol Javi Garcia (ex-Real Madrid) que dá o equilibrio necessário para que Ramires (ex Cruzeiro), Aimar e Dí Maria criem e forneçam Saviola e Cardozo que não perderam oportunidade de fazer muitos golos, especialmente o paraguaio. que fez 26 golos e sagrou-se o melhor marcador da competição. Esta foi somente umas das equipas mais concretizadoras da história do clube em 106 anos de história. No total apontaram 78 golos. Atrás, também foram brilhantes sofrendo apenas 20 golos e também conquistaram a melhor defesa.


Também o Estádio da Luz registou recordes de assistência, com uma média de 50.033 espectadores. De acordo com um estudo desenvolvido pelo Instituto Português de Administração de Marketing, o Benfica ficou na 10.ª posição do ranking europeu. O Barcelona, com média de 78.000 espectadores no Camp Nou, liderou a lista, seguido de Borussia Dortmund (77.248), Real Madrid (75.133), Manchester United (74.864) e Bayern Munique (69.000). O FC Porto aparece no 43.º posto, com 33.464 espectadores, enquanto o Sporting é 63.º com 24.606, isto entre 544 clubes das 36 ligas principais do Velho Continente.


Quanto ao Sporting de Braga, um clube da região do Minho que deixou de ser conhecido além fronteiras não apenas por ter um dos estádios mais famosos do planeta, mas pela intromissão pela briga do título. Treinada pelo ex-atacante do FC Porto Domingos Paciência, a época até começou mal com a eliminação logo na primeira ronda na Liga Europa por uma equipa sueca. A aposta ganha nas últimas épocas, com boas prestações europeias, fazia prever um início bastante complicado para o sucessor de Jorge Jesus (Benfica), mas todas essas núvens negras desapareceram com uma prestação interna irrepreensível vencendo todos os 3 grandes na primeira volta do campeonato e assumindo a liderança em mais de 20 jornadas consecutivas. Um feito jamais alcançado pela equipa arsenalista.

O forte do Braga foi a defesa, onde o guarda-redes Eduardo foi figura de proa, com os defesas Moisés e André Leone a entenderem-se muito bem. Entretanto, pelo mercado de inverno, perderam o lateral direito João Pereira, jogador que fazia todo aquele corredor. No meio campo, a força de Vandinho é o equilibrio da equipa, com Alan, Márcio Mossoró e Hugo Viana a fazerem jogar a equipa e alimentar Meyong na frente de ataque. Por mais que o clube tenha sido líder em 19 das 30 jornadas da competição e, mesmo assim, visto o título ir para o Benfica, os bracarenses só têm motivos para comemorar o brilhante resultado da temporada. Além disso, Domingos Paciência afirmou-se como o mais forte nome da nova geração de treinadores portugueses.


Quanto ao FC Porto, 4 vezes consecutivas campeão português com Jesualdo Ferreira no camando técnico, perdeu a corrida principalmente nos jogos fora de casa.

O Porto que perdeu 2 jogadores nucleares dos últimos sucessos, Lucho (Marselha) e Lisandro (Lyon) contratou muitos novos recrutas, mas apenas Falcao (River Plate) provou ser uma aposta acertada (25 golos na Liga Portuguesa). Nomes como Belluschi (ex Olimpiakos) e outros argentinos não fizeram esqueçer os mencionados. A equipa raramente conseguiu convencer a crítica com boas exibições e ao contrário das últimas épocas, perdeu muitos pontos fora do Dragão. Não fosse a boa campanha de Jesualdo Ferreira na Liga dos Campeões, acredito que o treinador teria sido dispensado em meados da liga. Apesar de ser um treinador Tetra-Campeão, nunca foi de todo querido entre os adeptos.

Como destaque na equipa do Porto, o nome Silvestre Varela foi a melhor revelação da equipa e do campeonato. Vindo das equipas de base (academia) do Sporting, este extremo numa teve oportunidades no clube de Alvalade, tendo rodado no Recreativo de Huelva e Estrela da Amadora onde chamou a atenção do Porto e em boa-hora! Azar para lesão grave que o levou a sair do lote de jogadores para o Mundial 2010.  Por baixo esteve Hulk. O brasileiro perdeu-se (agressões) no famoso episódio do túnel da Luz que levou à sua suspensão por vários meses. Uma pena, para o Porto e para ele próprio já que prometia esta época potencializar tudo o que de positivo fez no seu primeiro ano.


Falemos do Sporting Clube Portugal, equipa que formou alguns dos maiores talentos do futebol português e mundial e crónico candidato a campeão.

Um novo presidente chegou no final da época transacta (Bettencourt) com o objectivo de relançar os leões e terminar com a malapata dos últimos quatro anos como vice-campeão! Apostou no mesmo treinador (Paulo Bento), mas as dificuldades em competir financeiramente com o Benfica e FC Porto pelos melhores jogadores, deixou bem cedo uma grande depressão nos seus adeptos, traduzidas num desastroso início de época.

Sem memória de uma carreira tão medíocre, o Sporting, à oitava jornada, já era dado praticamente fora da corrida pelo título face à grande desvantagem pontual sobre os vizinhos (Benfica) da segunda circular. Sem dinheiro, os Leões gastaram mal, trouxeram jogadores que se mostraram sem ambição, como Matias Fernandez e Caicedo (que acabou saindo em janeiro). A eliminação precoce na Liga dos Campeões e a campanha nada convincente na Liga Europa derrubaram Paulo Bento e trouxeram Carlos Carvalhal, que demorou demais para arrumar a casa. E o problema não eram nem derrotas, mas empates consecutivos, por vezes em casa, com equipas fracas.

O melhor da época foram as boas vitórias na Liga Europa (Everton) e uma goleada 3-0 frente aos portistas. Até João Moutinho (muito abaixo de anos anteriores) rendeu. Mas já era tarde demais. E se não bastasse, Carvalhal, que enfim poderia começar o trabalho do zero em 2010/11, acabou sem renovação e passou pela desconfortável situação de trabalhar sabendo que, em poucos jogos, o seu lugar já tinha dono (Paulo Sérgio). Uma temporada em que tudo deu errado, e por culpa própria do Sporting.


No início, esperava-se que o Marítimo fosse terminar o campeonato no meio da tabela, sem grandes pretensões. Apesar do início promissor, com um empate em 1-1 com o Benfica na Luz, a equipa, inicialmente comandada por Carlos Carvalhal, era limitada e sem muitas opções. Em setembro, Carvalhal foi demitido e a aposta recaíu em Mitchell Van der Gaag, treinador holandês com muita qualidade e quanto a mim, o terceiro melhor treinador desta Liga Sagres.

Sem muito alarido, excepto quando fez uma série de quatro derrotas seguidas, até o início do segundo volta, o holandês foi conquistando pontos importantes, aproveitando-se da irregularidade de Vitória de Guimarães e Nacional para se aproximar da zona da Liga Europa. A equipa cresceu, principalmente com os reforços de inverno, com destaque para o avançado Kleber, o defesa Rafael Miranda e o médio Diakite. Em alta, frente a um pressionado Guimarães na última jornada, Van der Gaag e seus comandados sacramentaram a brilhante ascensão, e "roubaram" aos minhotos o lugar na Liga Europa.

Quanto aos sacrificados, os históricos Belenenses e Leixões deixam este ano a primeira Liga em troca com o Beira-Mar e Portimonense que conseguiram o regresso. O clube da cidade de Portimão não jogava a primeira divisão há 20 anos, ao passo que o Beira-Mar desceu na temporada 2006/07.


Resultados da 30ª jornada (última) da Liga Portuguesa 2009/2010

Benfica - Rio Ave, 2-1 (Cardozo 3', 78'; Ricardo Chaves 72')
Nacional - Sp. Braga, 1-1 (Edgar Silva 50'; Rentería 57')
União Leiria - FC Porto, 1-4 (Cássio 23'; Guarín 60', Falcão 63' e 87' g.p., Cristian Rodríguez 82')
Leixões - Sporting, 1-2 (João Paulo 82'; Miguel Veloso 16', Pedro Silva 55')
Vitória Guimarães - Marítimo, 1-2 (Valdomiro 15'; Kléber 46' e 81)
Vitória Setúbal - Belenenses, 1-2 (Kazmierczak 6'; Romário 77', André Almeida 82')
Paços Ferreira - Olhanense, 2-2 (Romeu Torres 5', Candeias 74'; Djalmir 42' e 87')
Naval - Académica, 0-1 (Bruno Amaro 80')

Classificação final da Liga Portuguesa 2009/2010


Vídeo

Todos os golos do Benfica 2009/2010


15 melhores golos da Liga Portuguesa 2009/2010


Fotos: AP

Página Inicial

4 comentários:

Sénior disse...

descobri o teu blog agora e gostei muito. parabéns

Anónimo disse...

Já estou desejoso que começe a nova época. SLB V

JozeSlb disse...

Caro blogger
Gostaria de pedir autorizacao para publicar algumas destas fotografias do seu blogue na Wikipedia sob uma licença livre.

Por favor responda (afirmativamente) nesta mesma caixa de comentarios.

Cumprimentos.

Blogger disse...

There is SHOCKING news in the sports betting industry.

It's been said that any bettor must watch this,

Watch this now or stop placing bets on sports...

Sports Cash System - Advanced Sports Betting Software.

Enviar um comentário

Home - Aposta X

 

Aposta X - Futebol e Apostas Online