Chelsea campeão e vencedor da Taça de Inglaterra 2009/2010

16 maio, 2010


A temporada do futebol inglês 2009/2010 está encerrada num ano absolutamente memorável para o Chelsea (foto) e o estreante Carlo Ancelotti que chegou e tudo levou. Com a vitória na Premier League, os blues juntaram a Taça de Inglaterra num feito jamais alcançado pelo clube de Stanford Brigde. A dobradinha de Ancelotti superou a época de estreia de José Mourinho (2005), que no seu primeiro ano venceu também dois títulos, embora um deles tivesse sido a terceira competição mais importante (Taça da Liga).


O Chelsea nestas 38 jornadas da Premier League venceu por 27 vezes, e em treze delas bateu o adversário por mais três golos de diferença. No total a equipa londrina fez 103 golos pulvrerizando assim o recorde anterior da competição. A juntar a este rol, Drogba tornou-se o melhor marcador com 29 golos e deixou em segundo lugar Rooney com 26 tentos.

Era previsível que este ano o Manchester United iria sentir a grande perda do seu melhor jogador dos últimos anos (o "nosso" Cristiano Ronaldo). Poucos perdem o melhor (e CR7 era o melhor do mundo) e a equipa não vacila. Sinceramente, eu à partida para este campeonato não dava o Manchester United como principal favorito. Depois da época anterior o Liverpool ter feito um campeonato espectacular, era nos Reds que residia a minha Aposta X. Bem cedo as minhas expectaticas sairam erradas e o Chelsea mostrou isso com um arranque fortissímo.


Não tivesse sido o ano grandioso de Wayne Rooney e o Chelsea teria garantido o título há várias jornadas. O Manchester United viveu da sua principal referência durante praticamente todo o ano, e talvez o avançado não tivesse sofrido vários problemas físicos o resultado final fosse outro.

Não é coincidência, portanto, que apesar de conquistar o título principal e a Taça, o Chelsea não tenha os prémios de jogador do ano (prémio para Rooney), nem o treinador (prémio para Roy Hodgson do Fulham). O trabalho de Ancelotti foi sem dúvida bem sucedido e competente, e é impossível não observar a qualidade da formação de Stanford Bridge. Apesar disso, além do sucesso ofensivo, que entrou para a história, a sensação final é de que o domínio pontual deveria ter sido maior face à fragilidade dos adversários. Neste ponto, quando Mourinho venceu, os grandes rivais do Chelsea e restantes equipas eram mais competitivas.

O problema para o Manchester United esteve claro desde o primeiro momento: os jogadores contratados para diminuir o impacto da saída de Cristiano Ronaldo pouco ou nada renderam, e os que já estavam no clube, somente Nani revelou crescimento. Os Red Devils tiveram que confiar, de novo na velha guarda, como Giggs, Scholes e Neville. Dificilmente esta velha fórmula terá sucesso em 2010/2011.

Em conclusão, o Chelsea, quanto a mim, será novamente a maior ameaça para o título no próximo ano. O Liverpool de Rafael Benítez terminou de prazo; o Arsenal precisa de jogadores experientes, e o ManUnited não tem dinheiro para comprar os jogadores de que necessita.



Quanto à final da Taça de Inglaterra, foi Chelsea a mais para um Portsmouth tão ferido. Mesmo assim, e depois de 5 bolas nos postes da baliza de David James, a equipa de Ricardo Rocha poderia ter feito história, não fosse o penálti falhado por Boateng já na segunda parte.



O velho ditado ditou a sua lei, e Drogba poucos minutos depois encarregou-se de fazer justiça ao marcar de livre um belo golo. Por sinal, a bola entrou sem antes tivesse batido novamente no poste. Foram precisos 105 de anos de vida para os adeptos do Chelsea poderem festejar a tão almejada dobradinha. Com a vitória, a equipa de Carlo Ancelotti escreveu uma página de ouro na história do clube. Esta foi também a terceira Taça conquistada pelo Chelsea nos últimos quatro anos.

                                       Foto do ambiente magnifico do estádio de Wembley

Resultados da 38ª Jornada (última) da Liga Inglesa 2009/2010

Chelsea - Wigan, 8-0 (Nicolas Anelka 6' 56', Frank Lampard 32´, Kalou 54', Drogba 63' 68' 80', Ashley Cole 90)
Manchester United - Stoke City, 4-0 (Darren Fletcher 31', Ryan Giggs 38', D. Higginbotham a.g., Ji-Sung 84')
Arsenal - Fulham, 4-0 (Arhavin 21', Van Persie 26', Baird a.g. 38', Vela 84')
Aston Villa - Blackburn, 0-1 (Dunne a.g. 84')
Bolton - Birmingham, 2-1 (K, Davies 33', Steinsson 81'; McFadden 77')
Burnley - Tottenham, 4-2 (Elliot 42', Cork 54', Paterson 71', Thompson 88'; Bale 3', Modric 32')
Everton - Portsmouth, 1-0 (D. Bilyaletdinov 94´)
Hull City - Liverpool, 0-0
West Ham - Manchester City, 1-1 (Luís Boa Morte 17'; Wright-Phillips 21')
Wolves - Sunderland, 2-1 (Kevin Doyle 11´, Adlene Guedioura 79'; Kenwyne Jones 8')

Classificação final da Liga Inglesa 2009/2010


Vídeo

Melhores momentos da Premier League 2009/2010


Fotos: AP

Página Inicial

2 comentários:

João Paulo disse...

No inicio da época pensava que Ancelotti ia falhar no futebol Inglês mas as minhas previsões falharam claramente e venceu a liga Inglesa com grande categoria e fez a dobradinha. Acabou por falhar onde menos esperava, na champions league onde tinha a experiência de vários anos a orientar o Milan.

Se CR estivesse no Manchester aposto que os campeões eram outros.

Blogger disse...

There is shocking news in the sports betting world.

It has been said that every bettor must watch this,

Watch this or stop betting on sports...

Sports Cash System - Automated Sports Betting Software.

Enviar um comentário

Home - Aposta X

 

Aposta X - Futebol e Apostas Online