Porto humilhado na Champions (5-0 com Arsenal). Real Madrid e Milan eliminados

11 março, 2010


O afastamento estrondonso/humilhante do FC Porto, Real Madrid e AC Milan foram os destaques negativos, para já, dos oitavos de final da Liga dos Campeões 2009/2010. O campeão português com os 5-0 sofridos no Emirates Stadium (foto), igualou as piores derrotas de sempre em competições europeias. O resultado acontecido em Londres é igual ao desaire do Porto no campo do PSV Eindhoven, no ano de 1988/89, na primeira mão da segunda eliminatória da Taça dos Clubes Campeões Europeus. O Porto também havia sofrido idêntica goleada em 1978/79, quando perdeu, por 6-1, na Grécia, frente ao AEK Atenas, também na antiga Taça dos Clubes Campeões Europeus.

De nada valeu a vantagem de 2-1 trazida do Dragão. O dinamarquês Bendtner (10´, 25´ e 91´, de penalti), o francês Nasri (63) e o marfinense Eboué (66) materializaram a humilhação, dias depois dos portistas passarem a encarar a conquista da Liga portuguesa como uma miragem.

Fucile, em noite para esquecer, esteve em quatro dos golos de um Arsenal que foi superior em todos os capítulos do jogo: até quando o FC Porto, já a perder 2-0, finalmente ameaçava chegar ao golo, a qualidade individual dos "gunners" resolveu a questão de forma contundente. Numa equipa que sentiu imensas dificuldades para articular o seu futebol, o guarda-redes Helton, com muito trabalho, foi mesmo o melhor entre os portistas e evitou um pesadelo ainda maior. Mesmo desfalcado de alguns futebolistas importantes - com destaque para o médio espanhol Cesc Fábregas - o Arsenal impôs-se com uma velocidade de jogo e qualidade de passe invejáveis, difíceis de travar pelos baralhados defesas azuis e brancos.

Jesualdo Ferreira surpreendeu com o central Nuno André Coelho (que ainda não se estreou na Liga portuguesa) a “trinco”, tentando conferir maior poder defensivo no ar e na zona central, mas, mas a opção revelou-se falhada e foi precisamente por aí que o Arsenal inaugurou o marcador. Nasri lançou Arshavin, a dupla Fucile-Helton chocou na tentativa de corte no chão e a bola sobrou para Bendtner, que só teve de empurrar para a baliza deserta (1-0).

Meio perdido, o Porto não conseguia transições ofensivas rápidas, mas foi reagindo e chegava com a bola controlada perto da área adversária. No entanto, aí revelou-se completamente incapaz de criar perigo. Aos 25 minutos, Arshavin agradeceu o erro grosseiro de Fucile (passe sem nexo), desenvencilhou-se de quatro adversários, entrou na área e cruzou para Bendtner, que estava sozinho à espera que Helton não chegasse ao corte, fazendo um golo ainda mais fácil do que o primeiro (2-0). Com uma equipa irreconhecível a protegê-lo, Helton foi mantendo viva a esperança do apuramento até ao intervalo.


Com Rodriguez em campo (saiu Nuno André Coelho e Raul Meireles recuou para “trinco”) os azuis e brancos regressaram ao jogo com outra capacidade e determinação, e começaram a criar perigo do lado esquerdo, destacando-se uma finalização de Falcao, que só pecou por sair à figura de Almunia. Aos 61, na sequência de canto, Nasri, em cima da linha, negou o golo a Rodriguez. O francês foi decisivo, pois, dois minutos depois, "sentou" Álvaro Pereira, Raul Meireles e Rodriguez e fez o terceiro golo, num momento de inspiração que vergou definitivamente o FC Porto que, aos 66, viu Eboué marcar em contra-ataque (foto), com o resultado já em formato de goleada. Já nos descontos, Bendtner, de grande penalidade, cometida por Fucile, fez o 5-0 final. Jesualdo que se cuide!

Real Madrid de Cristiano Ronaldo em choque!


Enorme decepção no Estádio Santiago Bernabéu, em Madrid, palco da final da presente edição da Liga dos Campeões, que viu o seu Real Madrid ser afastado da competição, ainda em plenos oitavos-de-final, situação que ocorreu pela sexta vez consecutiva. A equipa madrilena entrou na partida com a missão de anular a derrota tangencial (1-0) com que trouxera da primeira mão, em Lyon, e esse desiderato parecia perfeitamente ao alcance de Cristiano Ronaldo e companhia. Essa tendência ficou ainda mais vincada, logo aos seis minutos, quando o portuguêss inaugurou o marcador, na sequência, natural, de uma entrada muito forte na partida, dele e da sua equipa, que colocou os franceses em sentido. De resto, Higuain teve nos pés, ainda na primeira parte, o 2-0, quando após ultrapassar o guarda-redes contrário, e com a baliza desguarnecida, rematou ao poste.

A segunda metade foi distinta. A equipa gaulesa reagiu, ameçou chegar ao empate e acabou mesmo por o conseguir, por via de um golo de Pjanic, aos 75'. Estava concretizada a inesperada qualificação do Lyon, perante o desespero de jogadores e adeptos. E, muito perto do final, Lisandro Lopez desperdiçou mesmo uma magnífica ocasião para fazer o 1-2.


O Real Madrid com um projecto para vencer, volta novamente a falhar e a imprensa pede já novo treinador e novos jogadores!

Manchester United afunda Milan


Sem espinhas, o Manchester United provou a sua superioridade sobre o AC Milan - os 4-0 finais não deixam margem para discussão - e novamente com Rooney a assumir o papel principal. Só à sua conta os milaneses encaixaram quatro do total de golos sofridos com os campeões ingleses! Para Beckham foi um regresso a Old Traford com duplas sensações - a homenagem prestada pelos seus adeptos e a saída humilhante da sua equipa.

Bayern matreiro rouba sonho Viola


A Fiorentina também ficou pelo caminho, enquanto o Bayern de Munique segue em frente. Em Florença, a equipa italiana venceu os alemães, por 3-2, mas falhou o apuramento para a próxima fase da competição uma vez que os bávaros haviam vencido o primeiro encontro por 2-1. Ao intervalo, os italianos venciam por 1-0 com um golo de Vargas. Jovetic dilatou a vantagem já no segundo tempo e tudo parecia correr de feição aos transalpinos. E foi já depois de Van Bommel ter igualado a eliminatória, o jovem avançado montenegrino «bisou» e voltou a colocar a equipa de Cesare Prandelli nos quartos-de-final. Foi então que apareceu Robben a colocar os germânicos na fase seguinte da prova com um remate de belo efeito sem hipóteses de defesa para Frey. A eliminatória terminou empatada 4-4, mas o Bayern beneficia do número de golos marcados fora.

As restantes quatro decisões destes oitavos-de-final da “champions” serão apenas conhecidas na próxima semana, com a realização, terça feira, do Chelsea – Inter de Milão (1-2) e Sevilha – CSKA Moscovo (1-1), completando-se no dia seguinte, com os jogos Barcelona – Estugarda (1-1) e Bordéus – Olympiacos (1-0).


Entretanto a UEFA mostrou a bola que será utilizada na final da Liga dos Campeões 2009/2010, que será disputada no Estádio Santiago Bernabéu. A bola tem nome e é chamada de "Finale Madrid". A decisão será disputada no dia 22 de maio.

Vídeo

Arsenal 5-0 FC Porto
Bendtner 10', 25', 91'
Nasri 63'
Eboué 66'




Fotos: AP

Página Inicial

2 comentários:

Rui César disse...

O futebol das equipas de topo inglesas, não dá chances aos demais, prevejo novamente 3 ou 4 equipas nas meias-finais. Qto ao RM não me surpreende, é uma equipa mal estruturada e feita sem um plano de sucesso.

Qto ao FCP, é a prova que este ano tudo foi mal feito, as coisas acontecem sempre por alguma razão.

Dylan disse...

Não convivo com o mal dos outros, mas quando vejo adeptos do F. C. Porto esperarem adversários europeus do Benfica ao aeroporto, incentivando-os, não posso evitar um sorriso ao constatar a humilhação portista em Londres. E mandando o patriotismo hipócrita às malvas, aqueles que assinaram em cinco minutos e os amnésicos de ocasião, devem ter noção de que não voltarão tão cedo ao palco dos Campeões. Mas prevendo estragos futuros, num gesto de falsa solidariedade,logo tratam de lamentar-se pelas poucas verbas atribuídas aos participantes da Liga Europa comparativamente à Champions. Entre promessas sobrenaturais, confrontos físicos entre atletas, transferências abortadas, apitos vermelhos, túneis sem guardas, vigílias, ameaças à comunicação social e incompreensíveis empréstimos de jogadores, já não disfarçam aquele que pode ser o maior descalabro financeiro de sempre e de proporções desportivas inimagináveis.

http://dylans.blogs.sapo.pt/

Enviar um comentário

Home - Aposta X

 

Aposta X - Futebol e Apostas Online